BEM-VINDO AO NOSSO SITE!     |     DEUTSCH

Não Há Amor Maior do ISSO

Escrito por Isabel Jennings

João 15:13 (NVT):  Não há amor maior do que dar a vida pelos seus amigos.


Dois garotinhos correndo através de um campo juntos. Um é gentilmente guiar o outro. Faça tudo que você faz, com amor.

Tomar o lugar de seu amigo e morrer para que pudessem viver em filmes e livros é considerado um grande ato de amor.

Se eu empurrar meu amigo para fora do caminho de um veículo descontrolado e salvar sua vida, você me consideraria um herói. Você pensaria que eu devo ter amado meu amigo tremendamente, ter desistido de minha própria vida para salvar a deles. Parece que é isso que João 15:13 está dizendo.


Mas e se fôssemos olhar para este verso um pouco diferente?


E se nossos maiores atos de amor por um amigo fossem aquelas ações que tomamos para ajudá-los em seu dia-a-dia? O que nos deu vida a este versículo simplesmente deixando de lado nossas próprias vidas para ajudar os outros em necessidade?

  • E se fizéssemos uma caçarola quando vimos que alguém estava lutando para cuidar de um parente doente ou quando não tinham dinheiro suficiente para durar até o próximo paycheque?
  • E se viéssemos e limpássemos a casa de um amigo porque eles estavam trabalhando longas horas?
  • E se nós varrássemos as folhas do vizinho só porque vimos que eles estavam tão ocupados vivendo suas vidas, que não tinham tempo?
  • E se nos oferecermos para cuidar dos filhos de um amigo, para que eles pudessem trabalhar em seu relacionamento com o cônjuge?
  • E se anonimamente doássemos dinheiro para uma causa digna?
  • E se ouvíssemos um amigo enquanto compartilhavam suas frustrações, em vez de olhar para os nossos relógios?

Um jovem levanta outro jovem até a última parte de uma montanha, enquanto o sol se põe no fundo.

E se o amor de Cristo funcionasse tão plenamente em nossos corações que, quando vimos uma necessidade, imediatamente fomos direto trabalhar para ajudar a aliviar essa necessidade?

E se olharmos para todas as situações com os olhos de Cristo?

E se não olhássemos em volta para ver se alguém viu o problema e se encarregaria disso? E se nós apenas cuidássemos de nós mesmos?

E se o nosso primeiro pensamento não fosse como seríamos incomodados ao ajudar alguém, mas pensássemos em como poderíamos amá-lo melhor? Isso não tornaria completamente este verso vivo?


Uma mulher está implorando por dinheiro, do lado da estrada. Ela está de costas para a câmera. Ela não acreditasse que alguém a ama o suficiente para intervir.

Jesus era amigo de cobradores de impostos, pecadores conhecidos e Ele associado com pagãos. Ele comeu com eles. Ele ministrou para eles, exatamente onde eles estavam. Ele foi para suas casas para orar por seus doentes. Ele os olhou bem nos olhos e reconheceu que eles estavam vivendo, respirando pessoas.

Ele os amava. Jesus agia como se eles valessem e importassem.

Os líderes religiosos de seus dias ignoraram essas pessoas. Eles não valiam o tempo deles. Essas pessoas eram pecadoras. Eles estavam sujos. Eles não mereciam qualquer tempo ou atenção, em suas mentes. E se nos perguntássemos com mais frequência o que Jesus faria se estivesse aqui agora?

E se todos que conhecêssemos sentissem o amor de Cristo que estava em nós? E se o mundo viu o amor de Cristo operando em nós?


Um homem pobre, sem camisa está dormindo na calçada, por sua cama. 
Quando o fizestes a um destes, a Mim o fizestes. (Mateus 25:40)


E se hoje você ajudasse uma pessoa com uma palavra gentil, um sorriso, abrindo uma porta para alguém com as mãos cheias, ou se você desse alguns dólares para os desabrigados?

O amor não tem que ser um grandes gestos, para ser amor.

O amor pode ser uma ação simples.

Mas isso é verdade: o amor é um verbo.

João 13:35:  Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.


Uma mulher está implorando por dinheiro, do lado da estrada. Ela está de costas para a câmera. Ela não acreditasse que alguém a ama o suficiente para intervir.
Um homem pobre, sem camisa está dormindo na calçada, por sua cama. 
Quando o fizestes a um destes, a Mim o fizestes. (Mateus 25:40)